Restrições ao comércio internacional

Restrições ao comércio internacional

As restrições ao comércio internacional são praticadas usualmente pelos mais diversos países, sejam desenvolvidos ou não.

RESTRIÇÕES AO COMÉRCIO INTERNACIONAL

As restrições ao comércio internacional são praticadas usualmente pelos mais diversos países, sejam desenvolvidos ou não, e são de natureza cambial, fiscal (tarifárias) ou meramente suspensivas. Entre essas restrições podemos relacionar as seguintes:

1 – Licenças Prévias para Importação

São restrições cujo objetivo é controlar ou limitar o fluxo de importações e normalmente a ferramenta utilizada é a obrigatoriedade de licenças prévias para as importações.

2 – Restrições Tarifárias

São restrições de natureza fiscal, que visa a taxação de determinados produtos, de acordo com os interesses do país. Esta restrição é a mais comum como instrumento de protecionismo.

3 – Taxa de Câmbio

É a restrição realizada pela desvalorização da moeda do país importador, tornando ao mesmo tempo mais caros os produtos importados e mais competitivos os produtos para exportação.

4 – Quotas de Importação

É a restrição que limita as importações a quotas pré-estabelecidas, seja por produto, seja por país, em valor e quantidade.

5 – Valor Máximo ou Valor Mínimo

São restrições que tem como base o estabelecimento de valores máximos e mínimos para os produtos a serem importados e/ou exportados.

6 – Depósitos Prévios

É a exigência de depósitos prévios em moeda, por um prazo determinado, como contra partida para a liberação das licenças de importação. É uma medida de natureza extra-fiscal.

7 – Prazos de Financiamento

Limitação de prazos de financiamento estrangeiro, para reduzir e restringir as facilidades de importação.

 

Restrições ao comércio internacional.

A importância de conhecer essas restrições ao comércio internacional antes de iniciar uma importação se deve ao fato de elas poderem influenciar diretamente no valor do produto importado, o que pode tornar inviável a importação.

Conheça também as barreiras de dumping, subsídio e salvaguarda no blog: https://blog.intradebook.com/pt/o-que-e-dumping-subsidio-e-salvaguarda-em-comercio-exterior/

Imagem: Agência CNI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: