Porque exportar: Oportunidade ou Estratégia de Longo Prazo?

istock_000065563933_medium

Exportar simplesmente por exportar e não ter consciência de seus benefícios e responsabilidades, não gera grande valor à empresa.

As empresas geralmente veem a exportação como uma oportunidade, não como um negócio estratégico e de longo prazo. As razões podem ser várias e precisam ser estudadas para que a exportação tenha seu real valor. Para qualquer porte de empresa, seja ela micro, pequena, média ou grande, fatores estratégicos como diversificar seu mercado, aprender novas culturas, desenvolver novas técnicas de produção, entre outros, contribuem para a longevidade da empresa.

Esses fatores estratégicos podem ser:

  • Diversificação de mercado: ampliar a rede de clientes e fornecedores diminuirá o risco de sazonalidade dos negócios e melhorar sua eficácia gerencial.
  • Mais competitividade: ganhar competitividade mediante aquisição de novas tecnologias, knowhow e conhecimentos logísticos, de processos e produtos.
  • Aprender novas culturas: conectar-se com diferentes estratégias e formas de gestão para aprimorar cada vez mais sua empresa.
  • Novas técnicas de produção: olhar para o mercado externo e buscar novas formas de produção, com tecnologias mais avançadas em países mais avançados tecnologicamente.
  • Aumentar o volume de produção: diminuir seus custos fixos, com maior volume de matéria-prima, e melhorar a capacidade produtiva da empresa, com aumento de clientes.
  • Concorrência Internacional: melhorar a qualidade produtiva, ampliando o desenvolvimento de novos produtos.
  • Internacionalização: melhorar a imagem corporativa da empresa, pois quem é internacional, prova ser uma empresa mais competitiva em todos os aspectos.
  • E, principalmente, diminuir seu risco de negócio: não depender exclusivamente de um mercado. Isso muitas vezes pode salvar a empresa de quebrar com o mal-estar de um setor, mercado ou país específico.

Estes e outros fatores, como incentivos fiscais sobre os impostos normalmente arrecadados em vendas locais, podem ser descritos como um benefício para internacionalizar seu negócio. A concorrência global obrigatoriamente demandará que a empresa tenha uma gestão eficaz e eficiente, tomando decisões mais rápidas e com base em informações globais, não apenas regionais.

O grande abismo entre exportar e vencer no mercado internacional, frente à realidade local e a falta de recursos humanos e financeiros é a grande barreira que as empresas precisam vencer! O que muitas não se dão conta, é que internacionalizar-se trará benefícios tanto para seu mercado internacional, quanto para o mercado interno, pois empresas internacionais provam ser mais preparadas para enfrentar as crises e adversidades que terão pela frente.

Por isso, o ponto crucial é otimizar os recursos financeiros e humanos em ações coordenadas e exitosas no mercado internacional. Um dos maiores desafios para a internacionalização é a capacitação teórica e prática aliada à burocracia das rotinas e procedimentos que envolvem o comércio exterior. A plataforma gratuita Intradebook, com os módulos INTRADE, INBUSINESS e INSERVICE, diminui a distância e ajuda as empresas a se inserirem no “Comércio Mundial”, oferecendo ambientes de aprendizado, consulta e simulação de todo o processo de exportação ou importação com passo a passo, conexão com clientes e fornecedores por uma vitrine de produtos, e viabilização dos negócios internacionais aproximando prestadores de serviços.

Agregue valor ao seu negócio, seja qual for seu modelo de empresa, produto ou serviço. Torne a exportação uma parte da estratégia da sua empresa, não apenas uma oportunidade única e irreplicável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: