Mercado para exportar couro e calçados tem potencial de expansão

exportar couro e calçados

Desde o fim dos anos 1960, exportar couro e calçados é uma realidade para a indústria calçadista brasileira. Em pouco mais de 50 anos, a atividade se consolidou por meio do aperfeiçoamento técnico da produção e de investimentos em mão de obra especializada.

Atualmente a venda de calçados para o exterior equivale a 12% da receita do segmento, de acordo com dados da  Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados). Em 2014, o país exportou 129, 5 milhões de pares de sapato, gerando uma receita de US$ 1,067 bilhão. Em valor, os calçados de couro foram responsáveis por cerca de 57% das exportações do segmento no ano anterior. Destinados principalmente ao público feminino, eles são vendidos por US$ 30, em média.

Exportar couro e calçados: é um bom momento?

A indústria calçadista, que já chegou a exportar 25% de sua produção, busca agora impulsionar as vendas para o mercado externo. Uma parceria entre a Abicalçados e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) deve injetar R$ 41,1 milhões para promover marcas brasileiras no exterior ao longo de 2015 e 2016.  Essa pode ser uma boa oportunidade para quem planeja exportar couro e calçados, já que o mercado tem um grande potencial de expansão.

Os calçados brasileiros são vendidos para mais de 150 países. Dentre eles, o principais compradores são Estados Unidos, Argentina, França e Paraguai.  A indústria nacional deve continuar a desbravar o comércio internacional para exportar couro e calçados, pois há muitas oportunidades para ampliar o cenário atual e conquistar novos mercados.

Você atua com esse segmento? Já exporta? Tem a intenção? Troque a sua experiência conosco!

Foto: KRiemer/CC

4 Responses to “Mercado para exportar couro e calçados tem potencial de expansão

  • TATIANY NASCIMENTO
    3 anos ago

    tenho interesse em exportar calçados de fabicação propria

  • Prezada Tatiany, você pode usar a plataforma Intradebook (www.intradebook.com) e operar por lá com busca de clientes, rotinas de exportação e parceiros de logística. Qualquer coisa mais made-me e-mail: kleperlavor@intradebook.com

  • Me chamo Roberto, gostei muito do seu site e conteúdo,
    e até salvei aqui nos Favoritos para ler com calma outras
    postagens depois. Quero saber se Vocês aceitam parcerias
    para troca de Backlinks para aumentar as suas visitas reais?
    Se tiver interesse em melhorar seu posicionamento e o
    número de visitantes com Tráfego Orgânico, entre no meu
    site tambem (TrafegoParaSite.com.br) e Cadastre-se
    Grátis.

  • Caro Roberto, tudo bem? Vou pedir ao nosso pessoal técnico uma avaliação técnica sobre a sugestão. Eu gostei da ideia. Manterei você informado, pelo seu e-mail. De qualquer forma, agradeço seus comentários, porque procuramos gerar conteúdos que efetivamente façam sentido em uma Jornada de Comércio Internacional.
    Abraços
    Alfredo Kleper Lavor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: